Tavira. Tiago Cação é o primeiro português a inscrever o nome nos quartos de final

TAVIRA – Já é conhecido o primeiro quartofinalista do quadro principal de singulares do HPZ Ricoh Tavira Tennis Open — e é português. Tiago Cação confirmou o favoritismo que levou para o campo para seguir em frente, ficando agora à espera de um adversário que pode ser português.

Já com cinco finais disputadas na presente temporada, o tenista natural de Peniche voltou a somar uma vitória muito tranquila no Clube de Ténis de Tavira, ao derrotar o alemão Frederik Press (728.º) por 6-3 e 6-2.

Naquele que foi o primeiro encontro entre ambos, Cação só cedeu um jogo de serviço, quebrando por cinco vezes o potente mas pouco regular serviço do germânico de 23 anos.

Somada que está a segunda vitória no Future de 25.000 dólares algarvio, o jogador do Centro de Alto Rendimento fica à espera do vencedor de um encontro que ainda nem está definido: o qualifier português Tomás Almeida vai medir forças com quem sair por cima do duelo entre Carlos Boluda-Purkiss (primeiro cabeça de série) e Jakob Johansson-Holm (também do qualifying).

Tiago Cação (5/POR) vs. Frederik Press (ALE), 2.ª ronda do HPZ Ricoh Tavira Tennis Open:

Publicado por Raquetc em Quarta-feira, 24 de Outubro de 2018

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."