Tashkent: Frederico Silva cede perante antigo top-140 mundial na primeira ronda

Depois de uma boa prestação na fase de qualificação, na qual somou três triunfos rumo ao quadro principal, Frederico Silva não conseguiu dar a continuidade desejada a essas vitórias e foi assim eliminado na primeira ronda do quadro principal do Challenger de Tashkent.

Atual número 291 mundial, o tenista caldense de 23 anos de idade não teve quaisquer hipóteses perante o mais cotado russo Alexey Vatutin, que é o quinto favorito do torneio uzbeque e esta semana surge no 176.º posto (já foi 136.º na primeira semana de julho deste ano), e saiu então de cena através dos parciais de 6-1 e 6-2, em pouco mais de uma hora.

Cessada a campanha em Tashkent, o pupilo de Pedro Felner deixa a representação nacional em solo uzbeque agora a cargo de somente Gonçalo Oliveira, que amanhã disputa o acesso aos quartos de final diante do seu carrasco da semana passada, e abandona o evento com três pontos para o ranking.

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.