Pedro Sousa despacha primeiro desafio no Challenger de Barcelona em menos de uma hora

Pedro Sousa 3
Fotografia: Fernando Correia/Lisboa Belém Open

Começou bem, muito bem a campanha de Pedro Sousa (144.º ATP) no Challenger de Barcelona, Espanha. Naquela que é a última semana de competição antes de voltar a representar a seleção portuguesa na Taça Davis, o lisboeta superou o desafio da primeira ronda em menos de uma hora.

Quinto candidato ao título no torneio da cidade catalã, o lisboeta de 30 anos superou o espanhol Ricardo Ojeda Lara (307.º) pela segunda vez em dois encontros, agora pelos parciais de 6-1 e 6-1 em 58 minutos.

Tal como nas meias-finais do Challenger de Liberec, há um ano (torneio que, aliás, viria a vencer), Pedro Sousa dominou do início ao fim e nunca teve a vitória em causa, quebrando por cinco vezes o serviço do tenista espanhol de 25 anos para resolver a questão.

Já na segunda ronda, o número 2 nacional já sabe que vai ter pela frente um ex-top 5 mundial: o espanhol Tommy Robredo, atual 227.º do ranking e vencedor do Lisboa Belém Open deste ano.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."