Gonçalo Oliveira entra com o pé direito no Uzbequistão

- Gonçalo Oliveira

Começou bem, muito bem a campanha de Gonçalo Oliveira na variante individual do Challenger de Tashkent, após o portuense ter obtido um triunfo em parciais diretos.

Atual 264.º classificado da hierarquia mundial, o número cinco português confirmou a superioridade a priori em termos teóricos face ao wild card russo Dimitriy Voronin, de 19 anos e número 735 mundial, para vencer por intermédio dos parciais de 6-3 e 6-2, em uma hora e 10 minutos de contenda.

Assegurada a passagem aos oitavos de final de uma prova desta categoria pela segunda semana consecutiva, o filho e pupilo de Abílio Oliveira parte agora em busca dos terceiros quartos de final do ano frente ao primeiro favorito e carrasco da semana passada, o bósnio Mirza Basic (77.º).

Na manhã desta segunda-feira, também Frederico Silva já tinha vencido em Tashkent — mas na fase de qualificação. O caldense ultrapassou com sucesso o qualifying para se juntar a Gonçalo Oliveira no quadro principal.

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.