Numa final entre vencedores, Vasco Pascoal e Miguel Oliveira sagram-se campeões nacionais de padel

Vasco-Pascoal-e-Miguel-Oliveira
Cinco anos depois, Vasco Pascoal e Miguel Oliveira voltaram a vencer, lado a lado, a prova rainha do padel nacional.

Vasco Pascoal e Miguel Oliveira são os novos campeões nacionais de padel. O lisboeta e o oeirense resolveram a final deste domingo em dois parciais, ao derrotarem Diogo Rocha e João Bastos por 6-3 e 6-3 para conquistarem o título na Quinta de Monserrate, no Porto.

Disputada entre antigos e atuais vencedores (em 2017, Vasco Pascoal e João Bastos conquistaram o título no Lisboa Racket Centre), a final deste domingo colocou no mesmo court os quatro jogadores que têm dominado a prova rainha do padel português, este ano incluída no Casino Solverde Padel Tour.

E aconteceu na ressaca de umas meias-finais recheadas de emoções e acontecimentos. Porque depois de Rocha e Bastos derrotarem Bernardo Bastos e Sebastião Mendonça, por 6-3 e 7-5, Pascoal e Oliveira escaparam no limite à derrota (esteve a dois pontos de acontecer, no segundo set), acabando por vencer Xico Neves e Diogo Schaefer por 4-6, 7-5, 4-0 e desistência dos adversários, na sequência de uma colisão entre ambos ao 2-0 do derradeiro parcial.

Com o triunfo, Vasco Pascoal chega ao sexto título de campeão nacional de padel em seis anos. O lisboeta, ex-jogador profissional de ténis, é o maior vencedor da história do desporto em Portugal e o único a vencer por duas vezes no mesmo ano — entre 2013 e 2016, a Federação Portuguesa de Ténis (detentora da tutela entre 2011 e 2016) e a Federação Portuguesa de Padel (que em 2017 viu o Governo atribuir-lhe a tutela do desporto) organizavam cada uma o seu campeonato.

Quanto a Miguel Oliveira, que chegou ao Norte do país horas depois de ter jogado os quartos de final do Challenger de San Javier ao lado de Antonio Fernández Cano, regressa aos títulos no Campeonato Nacional dois anos depois. Em 2016, o jogador de Oeiras tinha vencido em Oeiras e em 2013 sagrara-se campeão com Vasco Pascoal, na prova da Federação Portuguesa de Ténis.

Campeões nacionais de padel:

  • 2018: Vasco Pascoal e Miguel Oliveira
  • 2017: Vasco Pascoal e João Bastos
  • 2016: Diogo Rocha e Miguel Oliveira / Pedro Alves e Pedro Franchi Mendes*
  • 2015: Diogo Rocha e Vasco Pascoal / Gonçalo Nicau e João Roque*
  • 2014: Diogo Rocha e Vasco Pascoal / Gonçalo Nicau e João Roque*
  • 2013: Diogo Rocha e Vasco Pascoal / Vasco Pascoal e Miguel Oliveira*

*Campeonato Nacional organizado pela Federação Portuguesa de Ténis

(registo de campeões em atualização)

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."