Federer entra a todo o gás e aumenta vantagem da Equipa Europa

Roger Federer não poderia pedir muito melhor estreia do que a que protagonizou este sábado no segundo e último encontro da sessão diurna da segunda jornada da Laver Cup 2018, tendo-se imposto facilmente a Nick Kyrgios para colocar a Equipa Europa cada vez mais perto da vitória.

Pouco depois de Alexander Zverev ter recuperado da iminência da derrota para não só levar de vencida John Isner por 3-6, 7-6(6) e 10-7 e desfeitear os corações dos adeptos norte-americanos (e da Equipa Mundo), como também oferecer uma liderança de 5-1, foi a vez de Federer (voltar a) fazer das suas.

Num embate que muito prometia (em termos de equilíbrio e espetacularidade), como tem sido apanágio quando medem forças, o campeoníssimo helvético revelou-se muito mais forte do que Kyrgios, apoiando-se em três breaks e na alta percentagem de pontos ganhos com o primeiro serviço (86%) para triunfar tranquilamente pelos parciais de 6-3 e 6-2.

Deste modo, a Equipa Europa passa a somar sete pontos contra apenas um da Equipa Mundo, que terá de puxar dos galões para inverter uma desvantagem que parece acentuar-se cada vez mais. Os próximos a entrar em ação são Novak Djokovic e Kevin Anderson, seguidos do embate de pares entre Grigor Dimitrov & David Goffin e Jack Sock & Nick Kyrgios. E continua a ser importante lembrar que nestes dois duelos cada vitória vale dois pontos, cenário que tanto pode dar à Equipa Mundo uma recuperação considerável como uma vantagem praticamente mortal à Equipa Europa.

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.