Oeiras Valley Padel Masters fica sem representantes portugueses

Miguel Oliveira e Pincho Fernandez
Fotografia: Fernando Correia/Oeiras Valley Padel Masters

Chegou ao fim a aventura portuguesa nos quadros principais do Oeiras Valley Padel Masters: esta quinta-feira, os três jogadores portugueses ainda presentes naquele que é um dos maiores torneios do calendário foram eliminados no court central do Estádio Nacional do Jamor.

Miguel Oliveira (atual 75.º do ranking), que ao lado do espanhol Antonio Fernández Cano (81º) se tinha tornado no primeiro padelista luso a carimbar o apuramento para a segunda ronda do quadro principal, perdeu por equilibrados 7-5 e 6-4 para Miguel Lamperti e Juan Mieres, uma das melhores duplas do mundo.

Já no quadro principal feminino, Sofia Araújo e Meli García Truchado perderam por 7-6 e 6-2 para Carolina Navarro e Cecília Reiter, enquanto Ana Catarina Nogueira e Delfina Brea cederam pelos parciais de 7-5 e 7-6 para Marta Ortega e Ariana Sánchez, as sétimas classificadas da hierarquia.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."