João Sousa já é o segundo português com mais vitórias de singulares na Taça Davis

João Sousa

Uma vitória, dois números: João Sousa abriu o play-off do Grupo I da Taça Davis entre Ucrânia e Portugal da melhor forma e tornou-se no segundo tenista português da história com mais triunfos em encontros de singulares na competição.

Ao levar a melhor sobre Illya Marchenko, o tenista vimaranense de 29 anos venceu pela 22.ª vez um encontro de singulares na Taça Davis, ultrapassando, curiosamente, aquele que assistiu bem de perto à vitória de hoje: o atual capitão Nuno Marques.

À sua frente, João Sousa tem apenas um compatriota: João Cunha e Silva, que não só lidera a lista de jogadores com mais vitórias em encontros de singulares (25) como no cômputo geral.

Jogadores com mais vitórias individuais ao serviço de Portugal (derrotas):

  1. João Cunha e Silva – 25 (28)
  2. João Sousa – 22 (11)
  3. Nuno Marques – 21 (18)
  4. Fred Gil – 18 (10)
  5. Rui Machado – 16 (16)

Jogadores com mais vitórias em singulares e pares ao serviço de Portugal (derrotas)

  1. João Cunha e Silva – 37 (40)
  2. Nuno Marques – 32 (26)
  3. João Sousa – 29 (19)
  4. Fred Gil – 28 (17)
  5. Emanuel Couto – 24 (15)
Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."