Inês Murta afastada nos “quartos” pela primeira pré-designada

Caiu a última tenista portuguesa presente no quadro principal individual do Montemor Ladies Open 2018: única jogadora nacional apurada para os quartos de final, Inês Murta foi derrotada esta sexta-feira no torneio alentejano de 15.000 dólares.

Quinta cabeça de série da prova que se desenrola no Clube de Ténis de Montemor-o-Novo fruto do 573.º lugar que ocupa no ranking, a número um lusa não conseguiu (muito também por mérito da sua adversária, claro está) replicar o tipo de ténis que lhe havia proporcionado duas vitórias consecutivas por duplo 6-0 e acabou desse modo eliminada pela mais cotada Pei-Chi Lee, primeira favorita e número 442 mundial, pelos parciais de 6-2 e 6-3, em uma hora e 17 minutos de duelo.

Apesar do desaire nos singulares, a participação da jovem algarvia de 21 anos em Montemor-o-Novo ainda não chegou ao fim: mais logo, ao lado da suíça Nina Stadler (são as primeiras candidatas ao título), Murta vai à procura de um lugar na grande final diante da compatriota Cláudia Cianci e a romena Karola Patricia Bejenaru (terceiras pré-designadas).

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.