João Sousa após mais um desaire: “A confiança não está ao mais alto nível”

JoãoSousa MO

João Sousa foi derrotado pelo 7.º encontro consecutivo, ao sair de cena logo na primeira ronda do ATP 250 de Winston-Salem. O jogador de Guimarães não resistiu ao italiano Andreas Seppi, despedindo-se da prova com uma derrota em dois sets.

Em declarações enviadas pela sua assessoria de imprensa, o número um português lamentou o desaire, reiterando que o trabalho que tem vindo a desenvolver tem sido bom.

“Estou triste pela derrota. Estive muito perto de vencer o primeiro parcial, não o consegui fazer e ele acabou por ser superior na parte final. Depois um segundo set em que sofri o break cedo e em que ele conseguiu manter o serviço e acabou por fechar o encontro”, disse sobre o encontro.

“As coisas não têm corrido bem apesar de termos estado a trabalhar muito bem, mas o ténis é assim. A confiança não está ao mais alto nível, obviamente, depois de algumas derrotas. É assim, há que aceitar e continuar a trabalhar”, afirmou o pupilo de Frederico Marques.

A próxima paragem será Nova Iorque, onde o tenista de 29 anos disputará o quadro principal do US Open. “Vamos treinar para estar a 100% no US Open e tentar fazer um bom resultado”

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.