Oficial: Aprovado novo formato que irá revolucionar a Taça Davis já em 2019

França Taça Davis
França é a campeã em título da Taça Davis. Fotografia: Corinne Dubreuil

Adeus pausas no calendário, olá Campeonato do Mundo. A Taça Davis está prestes a renascer sob a forma de um novo formato altamente revolucionário. O projeto idealizado pela Kosmos (grupo liderado pelo futebolista Gerard Pique) em parecia com a Federação Internacional de Ténis (ITF) foi aprovado esta quinta-feira na cidade norte-americana de Orlando.

Nesta Assembleia — composta por 459 representantes de 147 países — foram reunidos 71% dos votos (eram necessários pelo menos dois terços de votos) a favor da implementação do novo formato, colocando assim um ponto final na campanha que se vinha a desenrolar desde fevereiro, altura em que o projeto foi apresentado publicamente.

“Isto é uma completa revolução para a ITF e para o ténis. A nossa visão é criar um grande final de temporada, que será um festival de ténis e entretenimento que inclui os melhores jogadores do Mundo”, referiu na altura David Haggerty, presidente da ITF.

Já a partir de 2019 a fase final da competição passará a concentrar-se numa só cidade ao longo de uma semana em cada final de temporada. Ao todo, 18 seleções serão distribuídas por seis grupos de três, sendo que posteriormente haverá lugar a uma fase por eliminatórias: quartos de final, meias finais e final.

Previamente, será também disputada uma fase de qualificação, em fevereiro, composta por 24 equipas que se defrontarão num sistema mais parecido com o atual: eliminatórias compostas por um jogo em casa e outro no país adversário.

Confira todas as informações pertinentes:

Relacionado: 

 

António Vieira
Natural de Lisboa e licenciado em Gestão, vê no Ténis uma extraordinária modalidade com vasto potencial a ser explorado em Portugal. Tem como principal objetivo a contribuição no seu crescimento partilhando com o Mundo a sua espetacularidade.