Sintra: Luís Faria vitorioso na estreia; Francisco Dias é repescado mas perde

Luis Faria
Fotografia: BTA Futures Sintra

Arrancou com um sentimento agridoce a participação dos tenistas portugueses no quadro principal de singulares do BTA Futures 2, o segundo de três torneios seguidos de 15 mil dólares de prize money, organizados numa parceria conjunta entre a Prime Stadium e a Federação Portuguesa de Ténis.

Se por um lado Luís Faria (1251.º), um dos quatro tenistas contemplados com wild card, registou uma vitória inequívoca no seu compromisso com o qualifier francês Leo Bresson (1458.º), por 6-2 e 6-2, em menos de 1h30, por outro lado Francisco Dias (1407.º), repescado para o quadro principal, cedeu frente ao terceiro pré-designado, o egípcio Youssef Hossam (392.º), por 6-0 e 7-6(5).

A jornada desta terça-feira já não terá mais portugueses a competir no quadro individual, mas há vários no quadro de pares: João António & Valentin de Carvalho defrontam Luís Faria & Martim Prata; Francisco Cabral, Gonçalo Falcão e Francisco Dias, ao lado dos respetivos parceiros, também vão a jogo.

O grande destaque da jornada de amanhã é o duelo que coloca frente a frente João Monteiro, primeiro cabeça de série, e Gonçalo Falcão, naquele que é um de dois encontros 100% portugueses na primeira ronda. O outro é protagonizado por Martim Prata e Renato Van Veggel.

Esta “maratona” de ténis decorre até ao próximo dia 26 de agosto nos campos de piso rápido da academia de ténis da Beloura, em Sintra.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.