Vídeo: não é só a bater na bola que Nadal é um enorme campeão

As qualidades técnicas, físicas e mentais são aspetos inegáveis que fazem de Rafael Nadal um dos melhores de sempre, mas não é só no jogo jogado que o espanhol está ‘um passo à frente’ da concorrência.

Na final deste domingo frente a Stefanos Tsitsipas, o número 1 mundial mostrou mais uma vez o seu lado de desportivismo. Tudo aconteceu quando, a meio da execução do primeiro serviço do grego, um membro do público se manifestou, fazendo com que o jovem aniversariante perdesse a concentração e falhasse o primeiro serviço.

O grego queixou-se ao árbitro, mas este nada podia fazer, afirmando que apenas poderia deixar um aviso. Foi então que o maiorquino se chegou à frente e concedeu-lhe a possibilidade de repetir o primeiro serviço. Uma atitude que mereceu aplausos.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.