Em Montreal como em Roland Garros: Halep bate Stephens e fica com o troféu de campeã

Simona Halep T

Em terra batida ou em hardcourts, quando Simona Halep e Sloane Stephens partilham o mesmo court, o mais provável é a romena sair vitoriosa. Foi assim nos cinco embates anteriores entre ambas, um dos quais na final da edição deste ano de Roland Garros, e voltou a confirmar-se a tendência, este domingo, na final do torneio de Montreal.

Novamente uma batalha, novamente em três partidas, novamente a romena a sair por cima: Simona Halep arrecadou o título de campeã deste Premier 5 canadiano, ao derrotar a norte-americana com parciais de 7-6(6), 3-6 e 6-4, em 2h41, numa final de grande nível e a corresponder às expetativas (não foi, Alizé?).

A número 1 do mundo sobe assim para três o número de títulos conquistados este ano, depois de Shenzhen no início da época e de Roland Garros mais recentemente, partindo para Cincinnati, onde foi finalista em 2017, com a confiança em alta.

Já Stephens, 3.ª da hierarquia, que ainda anulou três match points antes de ser derrotada, procurava em Montreal arrecadar o seu segundo título da temporada, ela que no passado mês de março venceu o torneio de Miami.

O match point (legenda com erro no terceiro parcial):

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.