Rafael Nadal resiste à teimosia de Benoit Paire e entra a vencer na Rogers Cup

A participar apenas no segundo torneio de piso duro na presente temporada, Rafael Nadal levou de vencida o francês Benoit Paire (55.º) na madrugada desta quinta-feira e avançou até aos oitavos de final da Rogers Cup, prova que já conquistou em três ocasiões (2005, 2008 e 2013).

Os parciais que definiram o duelo (6-2 e 6-3) escondem as dificuldades que o líder da hierarquia teve de ultrapassar para se estrear a vencer em Toronto. Apesar de se ter colocado em vantagem com relativa tranquilidade, a segunda partida revelou-se inesperadamente atípica.

Após o jogo inaugural assistiu-se a um total de sete quebras de serviço consecutivas. O virtuoso atleta de 29 anos resistiu com todas as suas forças ripostando break atrás de break até finalmente ceder já na fase final do embate.

Ao cabo de uma hora e dezasseis minutos, Nadal finalmente desenvencilha-se da insistência de Paire, consolidando assim a sua vantagem no confronto direto para 4-0, sem nunca ter cedido um único set.

Os oitavos de final já deixam água na boca

Nadal — a disputar o primeiro torneio após a derrota frente a Novak Djokovic em Wimbledon –, irá reencontrar nos ‘oitavos’ dos Masters 1000 de Toronto o velho rival Stan Wawrinka (atualmente na 195.ª posição, mas antigo número três mundial). Será o 20.º duelo entre os dois atletas num confronto largamente a favor do espanhol (16-3).

O suíço, também durante a madrugada desta quinta-feira, salvou quatro match points para de seguida vencer uma autêntica batalha protagonizada frente ao húngaro Marton Fucsovics (51.º) – 1-6, 7-6(2) e 7-6(10).

António Vieira
Natural de Lisboa e licenciado em Gestão, vê no Ténis uma extraordinária modalidade com vasto potencial a ser explorado em Portugal. Tem como principal objetivo a contribuição no seu crescimento partilhando com o Mundo a sua espetacularidade.