Europeu de sub 16: melhor dia era impossível para os tenistas portugueses

Foi um dia perfeito, aquele que os tenistas portugueses viveram no 2018 European Junior Championships 16 & Under, evento que tem como objetivo encontrar o melhor tenista do velho continente do escalão e que se joga este ano em Moscovo, na Rússia.

A comitiva composta por Miguel Gomes, Pedro Araújo, Maria Inês Fonte e Leonor Oliveira, liderada pelos capitães Joana Pangaio e Vítor Ferreira, teve um dia 100% vitorioso na vertente de singulares, com todos a seguirem em frente.

Do lado feminino, Leonor Oliveira (625.º) foi a primeira a entrar em campo e a seguir em frente. Isenta da primeira eliminatória, a jovem portuguesa do CAR bateu a sérvia Andjela Lopicis (88.ª) por 6-2 e 6-3, seguindo assim para a terceira eliminatória.

O mesmo percurso e também em dois sets, teve a Campeã Nacional do escalão, Maria Inês Fonte (107.ª). A vítima da tenista natural da Maia foi a cipriota Maria Constantinou (354.ª), que viu o seu percurso interrompido na segunda ronda ao ser derrotada por 6-4 e 6-4.

No setor masculino, os embates tiveram desenvolvimentos bem diferentes, mas finais iguais. Se Miguel Gomes (230.º) cedeu apenas três jogos, Pedro Araújo (142.º) teve de lutar bastante para seguir em frente.

O tenista do Clube Campo da Quinta da Moura foi o único a jogar a primeira eliminatória, vencendo-a por tranquilos parciais de 6-2 e 6-1 diante do turco Muhammed Erel (579.º). Por fim, quanto ao pupilo de Jaime Caldeira, este ultrapassou um duro teste, ao vencer o bósnio Danijal Muminovic (480.º) por 5-7, 7-6(4) e 6-3.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.