Olevra Cup: dia de muitas surpresas para as cabeças de série

Maia-Lumsden
Britânica Maia-Lumsden foi uma das favoritas a ficar pelo caminho esta terça-feira.

PALMELA – Foi um dia cheio de surpresas o segundo no que ao quadro principal de singulares da Olevra Cup: só esta terça-feira, caíram quatro das oito cabeças de série do ITF de 25.000 dólares que se joga até domingo no SPARKS Tennis Park Palmela, no distrito de Setúbal.

A jornada — longa porque contou com 12 encontros da primeira ronda — começou com a derrota de Maia Lumsden. A britânica, que por ser número 413 do mundo era a oitava cabeça de série, até entrou bem, mas desperdiçou uma vantagem de 5-0 para perder por 7-6(4) e 6-0 com Estelle Cascino, de França.

A essa, seguiu-se a já noticiada vitória de Maria João Koehler, mas também as quedas de mais candidatas ao título: porque enquanto Sarah Rebecca Sekulic (a sétima pré-designada, que venceu Jacqueline Cabaj Awad por 4-6, 6-2 e 6-4) escapou, Olga Doroshina (segunda cabeça de série, 7-6[4] e 7-6[1] para Caroline Romeo), Nuria Parrizas-Diaz (6-0, 6-7[4] e 6-4 para Victoria Bosio) e Tereza Mihalikova (quarta, 6-3 e 6-3 para Shalimar Talbi) ficaram pelo caminho. Curiosamente, as três perante qualifiers.

De resto, Eva Guerrero Alvarez, Eden Silva, Elixane Lechemia, Aleksandrina Naydenova, Maria Gutierrez Carrasco e Fatma Al Nabhani (derrotou Inês Murta) avançaram para a segunda ronda.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."