Lúcia Quitério eliminada por uma das principais candidatas ao título

Lúcia-Quitério
Lúcia Quitério é uma das jogadoras que faz parte da equipa do Centro de Alto Rendimento.

PALMELA – Campeã em Oeiras há um mês e meio, a suíça Ylena In-Albon está decidida a brilhar novamente em solo português e esta segunda-feira “entrou com tudo” na Olevra Cup, o ITF de 25.000 dólares que se joga no SPARKS Tennis Park Palmela.

Quem pagou a fatura foi a jovem portuguesa Lúcia Quitério, que aos 18 anos está sem ranking mundial. Apesar de se ter batido bem durante todo o encontro, e de ter recuperado da desvantagem de um break para levar o segundo set a um tiebreak, a jovem das Caldas da Rainha perdeu para a número 382 do mundo em dois sets, parciais de 6-3 e 7-6(4).

Assim, Maria João Koehler (que tal como Quitério recebeu um wild card) e Inês Murta (que passou com sucesso pelo qualifying) passam a ser as únicas jogadoras portuguesas ainda em competição no quadro de singulares. Isto porque, esta segunda-feira, Francisca Jorge perdeu na última ronda da qualificação e Sara Lança não passou da estreia no quadro principal.

Lúcia Quitério (WC/POR) vs. Ylena In-Albon (5/SUI), 1R quadro principal ITF $25.000 Palmela:

Publicado por Raquetc em Segunda-feira, 9 de Julho de 2018

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."