Cinco portugueses a um triunfo do quadro principal do Setúbal Open

Guilherme-Osório

Num domingo em que 12 jogadores lusos entraram em ação, no final foram cinco os tenistas nacionais que celebraram e avançaram assim para a terceira e derradeira etapa da fase de qualificação do Setúbal Open 2018, torneio Future de 15.000 dólares que se realiza até ao próximo domingo nos courts de piso rápido do Clube de Ténis de Setúbal.

Entre os poucos vencedores lusitanos, destacam-se pelo segundo dia consecutivo Miguel Semedo e Guilherme Osório: os dois atletas portugueses mais cotados neste qualifying, fruto do 1423.º e 1712.º lugares que ocupam, respetivamente, na hierarquia individual, voltaram a triunfar, ainda que de forma distinta. Semedo, de 22 anos e antigo número 917 ATP, teve de se aplicar a fundo para se desembaraçar do compatriota António Pragana pelos parciais de 0-6, 7-5 e 6-3, enquanto o luso-brasileiro Osório, atualmente na 1419.ª posição do ranking, arrasou o espanhol Manuel Lamelas por fáceis 6-1 e 6-0.

João António (bateu Afonso Cortez pelos parciais de 6-1 e 6-0), Afonso Salgado (6-2 e 6-1 contra o britânico Harry Thursfield) e Pedro Araújo (6-0, 5-7 e 6-1 face ao brasileiro Elio Lago) também lograram vencer e ficaram assim perto da principal grelha de participantes.

Por sua vez, Bernardo Roque (6-1 e 6-0 para o primeiro cabeça de série, o francês Nathan Seateun — 1304.º), Henrique Osório (6-1 e 7-5 a favor do australiano Socrates Tsoronis), Tomás Luís (6-3 e 6-2 perante o italiano Edoardo Graziani), Tiago Fernandes (6-2 e 7-6[8] diante do brasileiro Pedro Rodrigues) e Tiago Torres (6-3 e 6-2 frente ao 11.º pré-designado, o francês Nicolas Rosenzweig — 1908.º) saíram de cena na segunda ronda da fase prévia.

A jornada de amanhã, segunda-feira, será por isso de conclusão do qualifying no Clube de Ténis de Setúbal, sendo que há desde já uma garantia: haverá, pelo menos, um tenista português a chegar ao quadro principal via fase de qualificação, uma vez que Miguel Semedo e Pedro Araújo medem forças.

Ordem de encontros:

Setúbal_OOP
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.