Déjà vu em Halle: Khachanov bate Nishikori pelo segundo ano consecutivo

Karen-Khachanov
Fotografia: Peter Staples/ATP World Tour

É o seguinte:

2017 – Karen Khachanov beneficiou da desistência de Kei Nishikori, na segunda ronda, para rumar aos quartos de final do ATP 500 de Halle, na Alemanha.

2018 – Karen Khachanov derrotou Kei Nishikori, por 6-2 e 6-2, na segunda ronda, para avançar aos quartos de final do torneio de Halle.

O mesmo palco, a mesma ronda, os mesmos protagonistas, o mesmo resultado (ainda que noutros moldes).

Se no ano passado o duelo durou pouco mais de 30 minutos, antes de Nishikori desistir devido a lesão quando o marcador estava em 3-2, este ano o russo fez uma demonstração de força durante 1h17, mostrando que é um tenista a ter em conta não só para o que falta jogar do torneio, mas também para Wimbledon, pois tem argumentos para realizar uma boa campanha.

Khachanov, 36.º do ranking, enfrentou somente um ponto de break no duelo com Nishikori (27.º) e já sabe que na sexta-feira medirá forças com Roberto Bautista Agut, num duelo que se prevê muito disputado. É que o espanhol também joga bem em superfícies relvadas e, tal como o russo, chega aos quartos de final sem ter cedido um único set.

Caso elimine Bautista Agut, Khachanov iguala a campanha de 2017, na qual atingiu as meias-finais só perdendo para Roger Federer (6-4 e 7-6).

P.S.: O quadro principal da prova é atualizado de forma instantânea e pode ser consultado aqui

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.