Póvoa de Varzim: onze portugueses jogam o quadro principal de singulares

O circuito Future regressa esta semana a solo nacional com a realização do II Open da Póvoa de Varzim, torneio que conta com o australiano Alex de Minaur como campeão em título.

O tenista aussie, já dentro do top 100, não defenderá o seu título, mas vão ser muitas as estrelas portuguesas a ir a jogo no Clube da Praia, com destaque para alguns dos jogadores que atuam no circuito universitário norte-americano e que agora regressam a Portugal para jogar a nível profissional.

Desses jogadores o grande destaque vai para Nuno Borges, ele que é uma das figuras desse circuito e que volta a casa para procurar repetir os excelentes resultados alcançados no ano passado.

O quadro principal de singulares do torneio nortenho conta no total com 11 portugueses, dois deles vindos da fase de qualificação (Duarte Vale e Afonso Portugal). Entre os cabeças de série, além do tenista da Maia, também Fred Gil e Tiago Cação têm esse estatuto.

Eis o quadro principal de singulares:

Póvoa - QP
Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.