Caricatura de Simona Halep não caiu bem na Roménia

Simona-Halep-RG1
Fotografia: Corinne Dubreuil/FFT

A conquista de Roland Garros por parte de Simona Halep continua a dar que falar, agora pelas piores razões.

Para ilustrar o brilhante feito da romena em Paris, o jornal satírico Charlie Hebdo, que em janeiro de 2015 viu parte da sua redação chacinada num ataque terrorista, publicou uma caricatura de Halep que deixou o povo romeno furioso.

“Uma romena venceu Roland Garros”, pode ler-se na legenda, seguindo-se a exclamação da campeã a erguer o troféu “ferro-velho! ferro-velho!”, numa possível alusão ao povo cigano que percorre o território francês em busca de sucata.

A caricatura está a ser encarada na Roménia como um ato racista, uma vez que o povo daquele país é, não raras vezes, conotado à comunidade cigana.

Michelle Ramis, a embaixadora de França em Bucareste, respondeu ao rol de críticas através da sua conta de Facebook, escrevendo que “Liberdade de expressão e imprensa são princípios fundamentais da República Francesa”, tal como dá conta o L’Équipe.

Já Simona Halep, citada pelo mesmo jornal, recusou-se a tecer grandes comentários sobre este episódio: “Não vou comentar. Não sou capaz de abordar esse assunto”.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com