Gonçalo Oliveira arredado no encontro de estreia no Cazaquistão

Gonçalo-Oliveira-3

Pelo terceiro torneio consecutivo, Gonçalo Oliveira (227.º) não conseguiu ir além da primeira ronda. Depois de despedidas precoces em Vicenza e Shymkent, também Almaty não foi um local que deu motivos para sorrir ao português no que toca à participação em singulares.

O tenista portuense foi derrotado no seu encontro de estreia pelo brasileiro Guilherme Clezar (218.º), com recurso a parciais de 3-6, 6-3 e 6-1, em pouco mais de duas horas de jogo.

Oliveira dominou a primeira metade da partida, chegando mesmo a ter um break de avanço no segundo set, mas a partir daí foi o sul-americano a dominar, perdendo apenas 2 dos últimos 13 jogos do encontro.

Posto isto, os pares passam a ser prioridade. O número 4 nacional joga esta semana ao lado do espanhol Roberto Ortega Olmedo, estando já nos quartos de final após um triunfo alcançado esta segunda-feira.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.