Gonçalo Oliveira na final de pares do Challenger de Shymkent

Gonçalo Oliveira, 136.º classificado do ranking mundial de pares, apurou-se esta quinta-feira para a final de pares do Challenger de Shymkent, no Cazaquistão.

O tenista português e o italiano Lorenzo Giustino somaram a terceira vitória seguida na prova, ao baterem o duo constituído por Laurynas Grigelis & Uladzimir Ignatik, por 6-3 e 6-2.

Chegados à final sem um único set cedido, Oliveira & Giustino têm como opositores no encontro de atribuição do troféu os austríacos Lucas Miedler & Sebastian Ofner.

Esta é a sexta vez que Gonçalo Oliveira chega ao derradeiro encontro de pares de um torneio do circuito Challenger. O portuense vai em busca do seu segundo título nesta variante, depois de ter arrecadado, no passado mês de abril, o troféu de campeão em Ostrava (juntamente com Attila Balazs).

No quadro de singulares, relembre-se, Oliveira não foi além da primeira eliminatória, cedendo de forma expressiva no embate com o qualifier alemão Kevin Krawietz.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.