Miguel Oliveira é o único português na segunda ronda do Lisboa Challenger

Dia difícil, de muitas incertezas e mudanças aquele que marcou o arranque do quadro principal do Lisboa Challenger. Mas também de razões para celebrar, com Miguel Oliveira a avançar para a segunda ronda do segundo maior torneio de padel a acontecer em solo nacional.

A jogar ao lado do espanhol Antonio Fernandez “Pincho” Cano, o padelista português venceu um duelo épico frente a Marc Quilez & Andres Britos, pelos parciais de 6-4, 2-6 e 7-5, para celebrar o acesso à segunda ronda do torneio.

Também esta quarta-feira, e numa jornada que foi atrasada pela chuva (que fez mesmo com que vários encontros do quadro principal fossem transferidos para o Indoor Padel Center, em Carnaxide), entraram em ação outras três duplas com jogadores portugueses. No entanto, o sucesso não foi o mesmo e acabaram eliminadas:

Rafael Mendez & Diego Ramos derrotaram Diogo Rocha & Antonio Luque (6-4, 1-6 e 6-0)
Miguel Oliveira & Antonio Fernandez Cano derrotaram Marc Quilez & Andres Britos (6-4, 2-6 e 7-5)
Juan Vazquez & Cristian Gutierrez derrotaram Diogo Schaefer & João Bastos (6-4 e 6-2)
Victor Ruiz & José Rico derrotaram Vasco Pascoal & Javier Vazquez (6-1 e 6-2)

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."