Pedro Sousa não dá hipóteses e está nos quartos de final do Lisboa Belém Open

LISBOA – A senda vitoriosa de Pedro Sousa (129.º) continua. Depois de um primeiro triunfo em que o próprio afirmou ter jogado longe do nível de ténis que lhe permitiu alcançar o título em Braga, o tenista lisboeta teve a capacidade de subir o nível e garantir um lugar entre os oito melhores tenistas do Lisboa Belém Open.

Quarto favorito ao título e a jogar no lugar que o viu nascer para o ténis, o número três nacional desafiava pela segunda vez na carreira o italiano Lorenzo Giustino (255.º), tenista que já tinha derrotado na anterior ocasião que se encontraram, há quase 10 anos, num Future disputado em Espanha em 2009.

O português manteve o bom momento e teve a capacidade de adaptar o seu ténis ao jogo do jogador transalpino, vencendo a contenda por 6-2 e 6-0 para seguir para os quartos de final fruto do sétimo triunfo consecutivo.

Desde cedo se percebeu que muito dificilmente a vitória escaparia ao tenista da casa, com o português a bloquear todas as intenções do italiano e a jogar bastante bem como espelha o desequilíbrio de forças registado no marcador.

Repetido o resultado atingido na primeira edição do torneio lisboeta, Pedro Sousa vai encontrar Felix Auger-Aliassime (185.º) naquele que será o primeiro embate entre ambos.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.