Tiago Cação cede perante o sexto pré-designado

Tiago Cação 18

A diferença de nível competitivo entre Sebastian Ofner (143.º) e Tiago Cação (686.º) ficou patente, esta segunda-feira, no duelo entre ambos alusivo à primeira ronda da edição de 2018 do Lisboa Belém Open.

Após um primeiro set totalmente de sentido único, o jovem tenista português ainda deu um ar da sua graça na segunda partida, onde chegou a liderar com break de vantagem (3-1), mas o austríaco não demorou a recuperar no marcador, acabando por sair vitorioso com os parciais de 6-0 e 6-3 em 61 minutos.

A participação de Tiago Cação no quadro principal só foi possível graças a um wild card atribuído por parte da organização, algo que de resto acontecera igualmente na semana passada, em Braga.

Na competição de pares, o tenista natural de Peniche faz equipa com Pedro Sousa. A dupla portuguesa defronta na primeira ronda a formação constituída por Sergio Galdos, do Peru, e por Fabrício Neis, do Brasil.

Gastão Elias, Pedro Sousa, João Monteiro, Fred Gil, João Domingues e Gonçalo Oliveira são os restantes tenistas portugueses presentes no quadro de singulares deste Challenger de €43,000 de prize money.

O alemão Oscar Otte, que esta semana está a competir no Challenger alemão de Heilbronn, venceu a edição de 2017 do torneio lisboeta sediado no CIF.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.