Pedro Sousa e Casper Ruud jogam final do Braga Open na manhã deste domingo

BRAGAPedro Sousa ou Casper Ruud. Um deles vai ser o grande campeão de singulares do primeiro Braga Open, o torneio Challenger de 43.000 euros em prémios monetários (mais alojamento) que é organizado pela Federação Portuguesa de Ténis e o Clube de Ténis de Braga, onde este domingo cairá o pano.

Cabe ao lisboeta transportar a esperança portuguesa num torneio que começou com nove representantes “da casa” no quadro principal e viu vários duelos 100% nacionais desenrolarem-se ao longo do quadro, com destaque para Pedro Sousa vs. João Domingues nos quartos de final e, já este sábado, o duelo do número 3 nacional com Gastão Elias, que acabou por desistir lesionado no ombro.

A grande final de singulares está marcada para as 11h no court central do Clube de Ténis de Braga. E, independentemente do que aconteça, já se sabe que haverá um novo campeão no ATP Challenger Tour no que diz respeito à época de 2018: no currículo, o português tem três títulos (todos conquistados na época transata) e o norueguês um (Sevilha 2016, no primeiro torneio da categoria que disputou em toda a carreira).

Resta acrescentar que o duelo será transmitido em direto através do ATP Challenger Tour (como habitualmente, partilharemos a transmissão nas nossas redes sociais) e, ainda, para os portugueses através da Sport TV, que ao longo da semana tem estado no terreno a dar cobertura ao Braga Open.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."