Stefanos Tsitsipas: “Posso ser eu o primeiro grego a fazer algo significativo no ténis”

Tsitsipas MEO

Stefanos Tsitsipas continua a somar vitórias nesta 4.ª edição do Millennium Estoril Open. Após ter sido mais forte do que o espanhol Pablo Andújar na primeira ronda da prova, o grego conseguiu, nesta quinta-feira, derrubar Kevin Anderson, o primeiro cabeça de série do maior torneio de ténis nacional.

Num encontro em que o vento não descansou, o jovem natural de Atenas referiu, em conferência de imprensa, que foi necessário estar mais concentrado e calmo do que o habitual. “Tentei concentrar-me na bola e esquecer o outro lado do campo e isso ajudou-me no final do encontro, quebrei o serviço dele duas vezes no último set e fiz bons jogos de resposta. Estar calmo ao longo do jogo ajudou-me muito, tinha muitos pensamentos na minha cabeça e executei-os da maneira correta”, afirmou.

Mesmo tendo cedido o primeiro parcial no tie-break, o atual número 44 da hierarquia mundial não baixou os braços. “Fiquei mais relaxado após o primeiro set, estava um pouco frustrado mentalmente mas mesmo assim consegui soltar-me. É óbvio que tive que lutar, mesmo tendo perdido o primeiro set, mas nessa altura fiquei um pouco menos preocupado com o resultado e isso ajudou-me”, confessou o principal tenista grego da atualidade.

Admitindo que ficaria muito feliz caso conseguisse vencer o ATP 250 português, Tsitsipas mostra-se bastante satisfeito com a evolução positiva que o ténis grego tem tido nos últimos tempos e com o papel que ele próprio tem desempenhado nesse crescimento.

“Sinto-me muito orgulhoso por vir de um país pequeno, que não tem muita tradição no ténis, e fico feliz por poder criá-la eu mesmo. Posso ser eu o primeiro grego a fazer algo significativo no ténis”, referiu o tenista de 19 anos, que já leva 3 vitórias frente a tenistas do top 10.

Ema Gil Pires
Alfacinha de gema e atualmente a concluir a licenciatura de Ciências da Comunicação da Universidade Nova de Lisboa, sentiu desde sempre uma enorme paixão pelo mundo do Ténis. Seja a escrever sobre ele, ou até mesmo dentro de court.