João Sousa: “Não tenho palavras para descrever esta sensação”

Joao Sousa MEO.2018

ESTORIL – Foi precisa muita garra e determinação para João Sousa derrotar Pedro Sousa e avançar para os quartos de final do Millennium Estoril Open pela primeira vez na carreira.

O tenista vimaranense esteve por duas ocasiões na corda bamba no segundo e terceiro sets, salvou inclusivamente dois match points, acabando mesmo por fechar o encontro quando o físico já não deu mais para o lisboeta.

No final do encontro, visivelmente aliviado, o número um nacional foi questionado sobre como é que tinha conseguido vencer um encontro que em momentos pareceu quase perdido.

“Não sei. Foi um encontro incrível. Ontem (terça-feira) disse que ia ser um encontro fantástico. Penso que toda a gente que aqui esteve desfrutou imenso do ténis português. O Pedro é um excelente jogador, um jogador que eu admiro imenso. Não tenho palavras para descrever esta sensação”, disse o tenista vimaranense durante a entrevista feita em court.

O britânico Kyle Edmund, número 23 do mundo, é o próximo adversário do pupilo de Frederico Marques.

Ema Gil Pires
Alfacinha de gema e atualmente a concluir a licenciatura de Ciências da Comunicação da Universidade Nova de Lisboa, sentiu desde sempre uma enorme paixão pelo mundo do Ténis. Seja a escrever sobre ele, ou até mesmo dentro de court.