Kei Nishikori reaproxima-se do top 20; Richard Gasquet de volta aos 30 primeiros

nishikori mc

Foi em Monte Carlo que decorreu toda a ação tenística do ATP World Tour na semana passada. O Rolex Monte-Carlo Masters coroou Rafael Nadal como campeão pela décima primeira vez e proporcionou a Kei Nishikori um tão aguardado regresso aos grandes palcos.

Dentro do lote dos dez primeiros, foi Alexander Zverev quem se movimentou. O alemão ascendeu um lugar para se fixar como terceiro melhor tenista da atualidade, destronando Marin Cilic. Zverev já havia estado nesta posição em novembro passado. À porta do top 10 encontra-se o espanhol Pablo Carreño Busta, que está a um posto de regressar a este lote restrito.

Kei Nishikori alcançou a final em Monte Carlo – a sua primeira final em terra batida em mais de um ano -, o que o levou a regressar ao lote dos 25 primeiros. O nipónico, antigo quarto do ranking mundial, está agora na 22.ª posição depois de lograr uma subida de 14 lugares.

Richard Gasquet deu seguimento ao bom momento de forma e, depois de ter alcançado a meia-final em Marraquexe, chegou aos quartos de final em Monte Carlo. O tenista francês está esta semana posicionado no 29.º lugar, fruto de uma subida de cinco lugares.

1. Rafael Nadal (Espanha), 8.770 pontos
2. Roger Federer (Suíça), 8.670 pontos
3. Alexander Zverev (Alemanha), 5.195 pontos
4. Marin Cilic (Croácia), 4.985 pontos
5. Grigor Dimitrov (Bulgária), 4.950 pontos
6. Juan Martin del Potro (Argentina), 4.470 pontos
7. Dominic Thiem (Áustria), 3.755 pontos
8. Kevin Anderson (África do Sul), 3.390 pontos
9. John Isner (Estados Unidos da América), 3.125 pontos
10. David Goffin (Bélgica), 2.930 pontos
(…)

11. Pablo Carreno Busta (Espanha), 2.175 pontos
22. Kei Nishikori (Japão), 1.835 pontos
29. Richard Gasquet (França), 1.430 pontos

Portugueses:

João Sousa continua a liderar a armada lusa no ranking ATP e encontra-se esta semana na 67.ª posição, apresentando uma queda de três lugares face à semana transata. Gastão Elias fixa-se em 111.º, perdendo uma posição face à atualização anterior. O terceiro melhor tenista português na hierarquia mundial masculina é Pedro Sousa, que galgou um lugar para se fixar em 118.º.

Dois destaques desta semana são João Domingues e Frederico Silva. O primeiro, fruto de alcançar a meia-final do ATP Challenger de Tunes, ascendeu ao 190.º posto, escalando 15 lugares. O segundo, apesar de ainda não ter contabilizados os pontos da última etapa do Cascais NextGen Tour, subiu oito postos e está na 289.ª posição.

Clique aqui para consultar o ranking ATP dos portugueses.

Pedro Cunha
O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.