Anna Karolina Schmiedlova de volta às 100 primeiras; Aryna Sabalenka dentro do top 50

Schmiedlova
Fotografia: Copa WTA Bogotá

Foi em Bogotá e em Lugano que se disputaram os únicos torneios WTA da semana passada. Anna Karolina Schmiedlova triunfou no primeiro e Elise Mertens saiu vitoriosa do segundo. As finalistas vencidas foram Lara Arruabarrena e Aryna Sabalenka, respetivamente.

Anna Karolina Schmiedlova regressou ao lote das 100 melhores tenistas pela primeira vez desde 2016. A tenista eslovaca subiu 48 lugares e está agora na 84.ª posição, ainda bem longe do 26.º posto, alcançado em outubro de 2015. Elise Mertens continua em excelente forma e alcançou esta segunda-feira um novo máximo de carreira, o 17.º lugar, fruto de uma subida de três posições.

Aryna Sabalenka cedeu ante Elise Mertens, mas tal não a impediu de alcançar um novo máximo pessoal no ranking WTA, a 47.ª posição. A jogadora de apenas 19 anos subiu 14 lugares para fixar este seu recorde.

Ana Bogdan já havia alcançado a meia-final em Monterrey, no México, e agora alcançou a meia-final em Bogotá, perdendo para Schmiedlova. Com este resultado, a romena sobe para o 66.º lugar, mais dez lugares do que na semana passada, e fica com um novo recorde pessoal também.

  1. (1) Simona Halep, 8.140 pontos
  2. (2) Caroline Wozniacki, 6.790 pontos
  3. (3) Garbiñe Muguruza, 6.065 pontos
  4. (4) Elina Svitolina, 5.630 pontos
  5. (5) Jelena Ostapenko, 5.307 pontos
  6. (6) Karolina Pliskova, 4.730 pontos
  7. (7) Caroline Garcia, 4.615 pontos
  8. (8) Venus Williams, 4.276 pontos
  9. (9) Sloane Stephens, 3.938 pontos
  10. (10) Petra Kvitova, 3.271 pontos

17. (20) Elise Mertens, 2.420 pontos
47. (61) Aryna Sabalenka, 1.128 pontos
66. (76) Ana Bogdan, 902 pontos
84. (132) Anna Karolina Shmiedlova, 748 pontos

Portuguesas:

Michelle Larcher de Brito manteve-se na 423.ª posição, ao passo que Inês Murta subiu quatro lugares até ao 607.º posto. Maria João Koehler está no 727.º lugar, depois de ascender duas posições, e Francisca Jorge fixou-se como a 765.ª melhor jogadora do ranking, fruto de uma subida de três lugares. Maria Inês Fonte é a 1154.ª classificada na hierarquia feminina e Ana Filipa Santos é a 1177.ª.

Para consultar a classificação das tenistas portuguesas clique aqui.

Pedro Cunha
O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.