Attila Balazs conquista, no Porto, o 30.º título da carreira

PORTO – A 3.ª etapa do Cascais NextGen Tour terminou com vitória do tenista mais cotado entre todos os inscritos: Attila Balazs, da Hungria e número 175 do mundo, só cedeu um set ao longo da semana que o viu erguer o 30.º título de campeão da carreira.

Já muito experiente nestas andanças, o tenista de 29 anos entrou com tudo na final deste domingo, dando poucas ou mesmo nenhumas hipóteses ao argentino Pedro Cachin (304.º ATP), que só conseguiu reagir no segundo parcial mas já sem efeito de maior no marcador: 6-0 e 6-4 foi o resultado a favor do primeiro cabeça de série.

Com este triunfo, Attila Balazs prepara-se para colocar o ponto de final perfeito nesta “aventura”: depois de uma longa batalha com lesões, o húngaro recuperou ao circuito Future para ganhar rodagem, encontros e títulos, mas espera ter jogado no Clube de Ténis do Porto “o último ou o penúltimo torneio Future da minha carreira”.

A partir daqui? Sempre a subir, com os Challengers como primeiro degrau mas antes, uma curta paragem em Carcavelos — onde ainda não sabe se vai jogar. É que na semana seguinte joga-se um torneio ATP 250 no seu país, na sua cidade (Budapeste), e Balazs quer estar a 100% para a ocasião.

FINAL de singulares do #CascaisNextGenTour – Attila Balazs [1/HUN] vs. Pedro Cachin [5/ARG]:

Publicado por Raquetc em Domingo, 15 de Abril de 2018

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."