João Sousa apura-se para as meias-finais em Marraquexe

Joao...Sousa

Depois da chuva que impediu a realização da jornada de ontem do torneio de Marraquexe, João Sousa (70.º) avançou ao início de tarde deste sábado para as meias-finais da prova, encontro esse que também será jogado hoje, ao bater Nikoloz Basilashvili (86.º).

Como referiu no seguimento do triunfo frente a Mirza Basic, o vimaranense estava ciente da qualidade e dos “perigos” que iria encontrar do outro lado da rede, mas soube anular o ténis do georgiano com um triunfo marcado nos parciais de 6-2, 4-6 e 6-1, ao cabo de uma hora e 43 minutos.

A história deste primeiro embate de carreira entre os dois tenistas resume-se da seguinte forma: após um primeiro set em que esteve com break de desvantagem (2-1), Sousa venceu cinco jogos consecutivos para sair na frente da contenda; na segunda partida, o pupilo de Frederico Marques viu Basilashvili chegar rapidamente ao 4-0, e apesar de ainda ter conseguido equilibrar o parcial, não evitou que o confronto desembocasse num terceiro set. Aí, Sousa arrumou as ideias, carregou no acelerador e não permitiu qualquer oportunidade ao georgiano.

Esta é a primeira vez desde agosto de 2017 que João Sousa alcança as meias-finais de um torneio do ATP World Tour, depois de ter perdido diante de Philipp Kohlschreiber na final do torneio austríaco de Kitzbuhel.

Logo à tarde, o número 1 português volta a entrar em court para tentar a qualificação para a final do torneio, tendo como oponente o vencedor do duelo entre o espanhol Pablo Andújar (355.º), antigo top 35 mundial, e o russo Alexey Vatutin (160.º).

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.