Duelo português a abrir o Challenger de Tunes, onde estão mais dois “heróis do mar”

O Challenger de Tunes, na Tunísia, conta com quatro portugueses no quadro principal de singulares, cujo sorteio foi realizado na tarde deste sábado. E a cerimónia ditou, precisamente, um duelo 100% nacional na eliminatória inaugural.

Gastão Elias (106.º), que é o sexto pré-designado, tem como primeiro oponente o compatriota Gonçalo Oliveira (214.º), naquele que será o quarto encontro entre ambos — os anteriores aconteceram todos em 2017, com o mais cotado dos dois a levar a melhor no US Open e na terra batida de Campinas e Lima (dois torneios Challenger).

Pedro Sousa (118.º), que tem a defender o estatuto de sétimo cabeça de série, começa por encarar Sébastian Ofner, o austríaco que aos 21 anos é o 139.º posicionado no ranking e que há um ano deu muito trabalho a João Sousa nas meias-finais de Kitzbühel (o número 1 nacional precisou de dois tiebreaks).

Em prova está também João Domingues (204.º), o número 4 português, que teve, de todos, o sorteio mais “favorável”: o seu primeiro adversário será Mohamed Ali Bellalouna (1958.º), que joga em casa e recebeu, por isso, um wild card da organização do evento.

Quadro principal:

Tunes quadro principal
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com