Borna Coric: “Sinto-me triste pela derrota, mas o ténis é assim e Federer é um campeão”

Borna-Coric-IW
Fotografia: BNP Paribas Open

Desapontado com a derrota mas de consciência tranquila por ter deixado tudo em court no confronto com Roger Federer, em partida alusiva às meias-finais do torneio de Indian Wells, o primeiro Masters da época. Borna Coric não demorou a detalhar, em conferência de imprensa, a razão pela qual não conseguiu ser feliz este sábado.

“Eu acho que não fiz nada de errado. Procurei as melhores pancadas, aproveitei as minhas oportunidades, mas ele nunca desistiu de lutar. É por isso que é um campeão”, disse o croata de 21 anos.

Coric não andou muito longe de impedir que Federer somasse a 17.ª vitória consecutiva, sendo que o suíço admitiu inclusive que o encontro de hoje foi “o mais difícil” que teve de superar nesta época. “Fiquei surpreendido com o quão bem joguei e com a forma como o estava a pressionar. Sinto-me triste pela derrota, mas o ténis é assim. Desfrutei de estar em court“.

Na opinião de Borna Coric, o confronto foi de tal forma equilibrado que se do outro lado da rede estivesse outro jogador, provavelmente a vitória teria ficado nas suas mãos. “Muitos tenistas perderiam este duelo, mas Federer nunca virou a cara à luta e, apesar de não ter jogado muito bem, conseguiu sair vitorioso”, constatou.

Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com