Do qualifying à eternidade: Roberto Carballes Baena estreia-se a vencer torneios ATP

Roberto Carballes Baena
Espanhol conquista, aos 24 anos, o primeiro título da carreira no circuito ATP

Aconteça o que acontecer, a partir deste domingo o nome de Roberto Carballes Baena está para sempre inscrito na lista de campeões do circuito ATP. O tenista espanhol completou com sucesso uma verdadeira semana de sonho em Quito ao derrotar o segundo cabeça de série, sagrando-se assim campeão de um torneio da “divisão” principal do circuito masculino pela primeira vez na carreira.

Para o tenista natural de Tenerife, tudo acontece aos 24 anos e num palco onde até agora Victor Estrella Burgos era rei e senhor. O dominicano tinha ganho as três primeiras edições do ATP 250 equatoriano, disputado a 2.850m de altitude, mas em 2018 caiu logo na segunda eliminatória e quem aproveitou foi Carballes Baena.

Atual número 107 do ranking, o jogador espanhol começou por ultrapassar a fase de qualificação — onde era o primeiro cabeça de série e por isso só teve de disputar um encontro, derrotando o jogador da casa Gonzalo Escobar. Depois, seguiu-se a aventura no quadro principal, onde livre de qualquer pressão começou a brilhar desde cedo: derrotou Federico Gaio numa batalha entre qualifiers e, logo depois, o quarto cabeça de série Paolo Lorenzi, a que se seguiram triunfos sobre Nicolas Jarry e Andrej Martin.

Até que este domingo, já na grande final, negou a semana perfeita a Albert Ramos. O número 21 do mundo vinha de um excelente fim de semana em Marbella, onde somara duas das três vitórias que deram à Espanha a passagem aos quartos de final da Taça Davis, e queria adicionar um segundo título ao currículo, mas ficou ‘à porta’. Porque Roberto Carballes Baena nunca desistiu e num encontro muito equilibrado acabou por ser quem sorriu por último, ao vencer por 6-3, 4-6 e 6-4 em 2h25.

Para além da conquista do primeiro título, o jogador espanhol tem mais uma razão para celebrar: é que a vitória em Quito fá-lo escalar 31 posições na hierarquia mundial masculina, do 107.º para o 76.º posto — que se traduz na sua melhor classificação de sempre.

Tal como Carballes Baena, também Mirza Basic se estreou a vencer torneios ATP esta semana, e em moldes semelhantes. O jogador bósnio estava igualmente fora do top 100 mundial e também começou por jogar a fase de qualificação, só saindo de Sófia com o título.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."