Sporting faz história ao apurar-se para as meias-finais da Liga dos Campeões de ténis de mesa

Sporting ténis de mesa

Esta sexta-feira é um dia histórico para o ténis de mesa português: o Sporting Clube de Portugal derrotou o Stella Sports La Romagne para se tornar no primeiro clube português a chegar às meias-finais da Liga dos Campeões, a prova de clubes mais importante da modalidade no continente europeu.

Duas semanas depois da vitória por 3-1 no Pavilhão João Rocha (que se estreou a receber encontros desta modalidade ainda na fase de grupos), o conjunto lisboeta foi a França obter dois triunfos frente ao clube de La Romagne, um número mais do que suficiente para garantir a histórica vitória.

Curiosamente, devido às regras da prova o apuramento foi celebrado a meio de um encontro. Passamos a explicar: como João Monteiro (número 45 do ranking mundial) derrotou Wei Shihao por 11-9, 11-8 e 14-12, os dois parciais ganhos por Quadri Aruna (35.º) frente a Tian Yuan Chen (que acabou por vencer por 8-11, 11-4, 10-12, 11-6 e 11-4) foram suficientes para garantir a vitória dos ‘leões’ pela diferença de sets ganhos no total da eliminatória.

Assim, o Sporting escreve mais uma página dourada do ténis de mesa português, ao inscrever pela primeira vez o nome nas meias-finais da Liga dos Campeões, naquela que é, também, a sua primeira participação neste formato da prova — que se começou a jogar na época de 1998/1999.

Para além de João Monteiro e Quadri Aruna, também Diogo Carvalho e Bode Abiodum constituem a equipa do clube lisboeta, que nas meias-finais terá pela frente os campeões em título, os russos do Fakel Gazprom Orenburg. O primeiro encontro acontece entre os dias 15 e 17 de março, em Lisboa, e o segundo na localidade de Oremburgo, que dá (parte do) nome ao clube.

Se vencer, o Sporting continuará a escrever história, dado que em jogo está a primeira passagem de um clube português à final da Liga dos Campeões. O torneio tem no Royal Villette Charleroi, da Bélgica, o clube com melhores resultados (5 títulos e 4 vice-campeonatos), seguido do Borussia Düsseldorf (4-3 em finais).

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."