Portugal 1-0 Estónia: Francisca Jorge estreia-se a vencer na Fed Cup aos 17 anos

Francisca Jorge
Fotografia: Jorge Cunha/AIFA

Foram precisos apenas dois encontros de singulares para Francisca Jorge (796.ª) se estrear a vencer na Fed Cup. Depois de nesta quarta-feira ter enfrentado uma top 100 mundial pela primeira vez na carreira e se ter dado bastante bem em court, a tenista vimaranense abriu a jornada desta quinta-feira, contra a Estónia, com um triunfo.

Num duelo bastante diferente a nível de dificuldade da primeira jornada, a jovem de apenas 17 anos voltou a merecer a confiança de Neuza Silva para disputar o primeiro singular.

A defrontar uma tenista sem ranking e com ainda menos experiência a este nível do que ela mesmo, a tenista do CAR não teve problemas de maior para se superiorizar a Katriin Saar, por 6-2 e 6-3, e dar assim o primeiro e sempre importante ponto à equipa portuguesa em Tallinn.

Com este triunfo, a jovem lusa torna-se na 17.ª portuguesa a somar um triunfo num encontro individual da maior competição feminina por nações. Esta vitória coloca também Portugal a um triunfo de carimbar o primeiro sucesso no Grupo B, sucesso esse que poderá significar a manutenção, caso a Grã-Bretanha derrote esta mesma Estónia.

Para isso, é necessário que Inês Murta (598.ª) ultrapasse um duro teste: a número dois nacional tem agora pela frente a 27.ª WTA, Anett Kontaveit. Caso a algarvia não consiga superar o favoritismo da tenista de 22 anos, tudo será decidido no par, o derradeiro duelo desta jornada.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.