Kei Nishikori: “Senti-me bem do meu pulso, foi um alívio”

Kei-Nishikori Dallas

Debelada a lesão no pulso direito, Kei Nishikori voltou às vitórias esta segunda-feira, ao bater o norte-americano Dennis Novikov por duplo 6-3 na primeira ronda do Challenger de Dallas (125.000 dólares).

“Não estava tão nervoso como na semana passada [perdeu com o mesmo adversário], estava mais ativo e consegui colocar-me numa posição mais confortável no jogo”, começou por analisar o antigo número 4 do mundo, que espera agora readquirir ritmo competitivo: “Quantos mais jogos for fazendo, vou jogando melhor e melhor”.

“Ainda preciso de trabalhar muito em alguns aspetos, mas senti-bem do pulso, foi um alívio. As minhas respostas ao serviço foram fantásticas. Depois de responder, fui capaz de começar uma troca de bolas e essa é a minha maior força”, concluiu Nishikori.

Recorde-se que Gonçalo Oliveira também está a competir neste evento norte-americano, tendo encontro marcado com Dominik Koepfer (295.º) na jornada desta quarta-feira. Em caso de vitória, o português pode ter pela frente nos quartos de final Kei Nishikori, caso o nipónico supere Matthias Bachinger.

Licenciado em Gestão e a concluir o Mestrado de Finanças. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.