Wozniacki regressa à liderança e Kerber volta ao top-10 mundial

Ben Solomon/Tennis Australia

Com a conquista do seu primeiro título do Grand Slam no passado sábado veio, inerentemente, o regresso ao topo da hierarquia feminina para Caroline Wozniacki. A dinamarquesa, que há um ano era 74.ª classificada do ranking, derrotou Simona Halep na grande final do Australian Open e trocou assim de lugar com a romena para voltar a ser número um mundial exatamente seis anos depois.

Quem também tem imensos motivos para sorrir esta segunda-feira são Elina SvitolinaAngelique Kerber. A jogadora ucraniana chegou pela primeira vez aos quartos de final do Major australiano e beneficiou do desaire de Garbiñe Muguruza na segunda ronda para atingir o terceiro posto de forma inédita.

A tenista alemã, que só foi parada nas meias-finais por Halep numa enorme batalha, tem começado a todo o gás esta temporada (conquistou antes do Australian Open o título no WTA Premier de Sydney) e reentra esta semana na elite das 10 primeiras após uma subida da 16.ª para a 9.ª posição.

De resto, de destacar ainda a subida inédita de Elise Mertens ao top-20 mundial. A jovem belga realizou um torneio de sonho em Melbourne ao alcançar as meias-finais e garantiu assim uma ascensão do 37.º até ao 20.º posto.

Nota também para a nova coqueluche do ténis ucraniano, Marta Kostyuk, que aos 15 anos já figura no 243.º lugar fruto da presença na terceira ronda do “Happy Slam” e consequente subida estratosférica de 278 posições.

  1. Caroline Wozniacki (2) – 7.965 pontos
  2. Simona Halep (1) – 7.715 pontos
  3. Elina Svitolina (4) – 6.085 pontos
  4. Garbiñe Mugurza (3) – 5.690 pontos
  5. Karolina Pliskova (6) – 5.445 pontos
  6. Jelena Ostapenko (7) – 4.901 pontos
  7. Caroline Garcia (8) – 4.495 pontos
  8. Venus Williams (5) – 4.278 pontos
  9. Angelique Kerber (16) – 3.031 pontos
  10. Kristina Mladenovic (11) – 2.935 pontos

14. Madison Keys (20) – 2.644 pontos

18. Coco Vandeweghe (9) – 2.434 pontos

20. Elise Mertens (37) – 2.215 pontos

32. Carla Suárez Navarro (39) – 1.701 pontos

53. Naomi Osaka (72) – 1.041 pontos

58. Petra Martic (81) – 1.002 pontos

67. Mirjana Lucic-Baroni (30) – 908 pontos

71. Su-Wei Hsieh (88) – 890 pontos

86. Denisa Allertova (130) – 733 pontos

95. Jennifer Brady (65) – 689 pontos

243. Marta Kostyuk (521) – 228 pontos

Portuguesas

No que às tenistas lusas diz respeito, não há grandes alterações. Michelle Larcher de Brito desceu uma posição, ao passo que Inês Murta e Francisca Jorge subiram três e quatro lugares, respetivamente.

355. Michelle Larcher de Brito (354) – 117 pontos
604. Inês Murta (607) – 41 pontos
745. Maria João Koehler (745) – 24 pontos
796. Francisca Jorge (800) – 20 pontos
1157. Lúcia Quitério (1159) – 4 pontos
1157. Maria Inês Fonte (1159) – 4 pontos
1187. Ana Filipa Santos (1189) – 4 pontos

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.