Roger Federer venceu 10% dos Grand Slams dos últimos 50 anos

Fotografia: Tennis Australia

O 20.º título de Roger Federer em torneios do Grand Slam coloca-o ainda mais na frente na liderança de número de troféus conquistados a este nível no circuito masculino.

No entanto, há um dado que pode ser considerado ainda mais incrível do que este. É o facto do tenista suíço ter vencido 10% dos torneios do Grand Slam disputados desde 1968, ou seja da Era Open.

Ao todo foram disputados nos últimos 50 anos 200 títulos Majors. Federer tem 20 e com uma simples conta de dividir chegamos aos tais 10%. Este número ainda se torna mais impressionante pelo facto de, como é óbvio, o suíço não ter lutado por todos eles.

O número dois mundial começou a sua história nos Grand Slams em Roland Garros, 1999, com o primeiro título a chegar em Wimbledon, 2003. Desde o primeiro até este domingo disputou 72 Grand Slams (em atividade ganhou quase 28% deles).

Continuando com as contas conseguimos também perceber que Roger Federer, Rafael Nadal e Pete Sampras venceram 25% desses tais 200 torneios disputados e que 25,5% dos 200 foram conquistados por tenistas norte-americanos.

Eis os tenistas masculinos com maior percentagem de torneios do Grand Slam vencidos na Era Open:

  1. Roger Federer – 10%
  2. Rafael Nadal – 8%
  3. Pete Sampras – 7%
  4. Novak Djokovic – 6%
  5. Bjorn Borg – 5,5%
Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.