Fred Gil falha “dobradinha” no Future de Weston

Fred Gil (512.º) sagrou-se na tarde deste domingo vice-campeão de singulares do Future de 15.000 dólares de Weston após ter sofrido um duro desaire no derradeiro encontro do torneio norte-americano.

A disputar a sua primeira final individual do ano, o ex-número um nacional e sétimo candidato ao título da prova não teve quaisquer hipóteses para levar a melhor nesta decisão e acabou por ser facilmente derrotado pelo chileno Marcelo Tomas Barrios Vera (538.º), por 6-2 e 6-0, em meros 40 minutos de jogo.

Apesar de gorada a “dobradinha”, Gil sai de Weston com vários motivos para sorrir: não só chegou à sua primeira final desde outubro passado, como também conquistou o título de pares, concluindo assim mais uma semana de sucesso e, neste caso, em ambas as vertentes.

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.