“Konta pode vencer um Grand Slam”, afirma o seu treinador

Konta
Johanna Konta e o seu treinador Michael Joyce parecem estar em sintonia

Michael Joyce começou a trabalhar com Johanna Konta durante a última pré-época, mas, em declarações à Sky Sports, afirmou não ter dúvidas que “o seu jogo e a sua posição atual no ranking podem fazer com que ela vença um Grand Slam“.

O norte-americano comparou o período atual com os tempos em que treinou Maria Sharapova e afirmou que atualmente “as mulheres dentro do top 40 ou 50 são muito melhores”. Sobre a sua pupila, garantiu que Konta já “provou que merece estar no top 10, teve grandes resultados como a vitória em Miami e agora tem estado perto em alguns Grand Slams“.

Quando questionado sobre a sua parceria com a britânica, Joyce revelou que passou “muito tempo a assistir aos seus jogos, gosto bastante da forma como ela joga e sinto que já tive bastante sucesso com este tipo de jogadoras”.

“A Johanna é uma trabalhadora exemplar, sinto que estou a conhecê-la cada vez melhor a cada dia que passa e isso consegue ver-se melhor agora nos torneios do que durante a pré-época. Penso claramente que vai ser uma boa parceria”, concluiu Joyce.

Depois da desistência de Andy Murray, Johanna Konta é agora a maior esperança britânica para o Australian Open e irá iniciar a sua campanha com frente à norte-americana Madison Brengle (quadro feminino aqui). A número 9 mundial tem como melhores resultados em provas do Grand Slam as meias-finais do Australian Open (2016) e de Wimbledon (2017).

Diogo Leite
Licenciado em Gestão e com o Mestrado em Finanças concluído. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.