Vídeo: Robin Haase recorreu a serviço por baixo para iniciar reviravolta

Robin Haase

Decorria, na madrugada desta quinta-feira, o embate entre Peter Gojowczyk (65.º) e Robin Haase (43.º), referente aos quartos de final do ASB Classic, quando o tenista holandês decidiu inovar naquele que seria o primeiro ponto de uma reviravolta digna de registo.

A perder por 0-3 no primeiro set, Haase servia a 0-40 – ou seja, com três break points contra si – quando decidiu optar por uma mudança no serviço. Assim, o tenista de 30 anos optou por servir por baixo, surpreendendo a plateia e o próprio Gojowczyk que, depois de devolver o serviço, já não foi capaz de devolver a pancada de direita ao longo da linha desferida pelo holandês. Assim, Hasse começou, nesse ponto, uma reviravolta que culminaria no triunfo com parciais de 6-4 e 6-4 e no respetivo apuramento para as meias-finais da prova neozelandesa.

Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.