Gemma Triay e Lucía Sainz comentam um “ano muito especial”

gemma triay lucía sainz
Fotografia: Pep Morata

Terminado o ano de 2017, é hora de reflexões por parte da dupla formada por Gemma Triay e Lucía Sainz. Foi um grande ano por parte do par número dois do ranking mundial, que culminou com o título de campeãs europeias de seleções e com dois títulos do World Padel Tour.

Numa publicação feita no Instagram, Gemma Triay realça que este “foi um ano muito positivo, onde trabalhamos duro, sofremos [destaque para a lesão no pulso de Triay, que a impediu de disputar os quartos de final do Europeu de pares no Estoril], ganhamos, perdemos, mas sobretudo foi um ano de muito crescimento a nível pessoal e profissional”. Sendo um ano com resultados positivos, a jogadora de Menorca mostrou-se “muito feliz com os sucessos alcançados em 2017 e por isso felicito toda a equipa pelo trabalho e compromisso”.

Já Lucía Sainz não tem dúvidas que “2017 foi um ano muito especial, foi a segunda temporada a jogar juntas e com ela surgiu o nosso primeiro título World Padel Tour“. Para além de agradecer todo o apoio dos fãs e da sua equipa, a jogadora catalã deixa uma palavra em relação ao circuito de 2018: “prevejo um ano muito duro dado que o padel feminino está em constante evolução e com muitas jovens a ameaçar as posições cimeiras”.

Gemma Triay e Lucia Sainz terminaram o ano na segunda posição do ranking de pares do World Padel Tour, a 9.270 pontos das gémeas Alayeto. A nível individual, ocupam ambas a quarta posição com 6.785 pontos, a 180 pontos da espanhola Marta Marrero.

Licenciado em Gestão e a concluir o Mestrado de Finanças. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.