Seis anos depois, Caroline Wozniacki vai voltar ao top 2 do ranking WTA

Caroline Wozniacki
Aos 27 anos, e já com duas épocas passadas no topo do ranking, a dinamarquesa espera vencer finalmente um torneio do Grand Slam

Para uns, um começo do ano recheado de más notícias. Mas para Caroline Wozniacki, um início de 2018 que lhe traz boas notícias: na próxima semana, a dinamarquesa voltará a figurar no top 2 do ranking mundial feminino pela primeira vez em seis anos.

Como resultado de uma temporada de 2017 em que se reencontrou com o seu melhor ténis de forma constante (venceu, inclusive, o WTA Finals — o título mais importante da carreira, a ex-número 1 mundial passou o ano na terceira posição do ranking.

À frente, a apenas 120 pontos, a espanhola Garbiñe Muguruza, e depois dela só Simona Halep, com apenas 45 pontos de vantagem. Pois bem, na madrugada desta terça-feira a tenista espanhola desistiu do torneio de Brisbane, enquanto Wozniacki entrou a ganhar no torneio de Auckland, o que desde logo lhe garante a ultrapassagem à campeã de Wimbledon.

Já com o número 2 “nas mãos”, uma posição que não ocupa há precisamente seis anos, desde janeiro de 2012, a jogadora dinamarquesa de 27 anos tem como próximo desafio a luta com Simona Halep pelo topo da hierarquia, que decidirá quem será a primeira cabeça de série do Australian Open.

Aí, o cenário é mais favorável à romena, que para perder a posição na segunda-feira teria de ser derrotada no seu próximo encontro em Shenzhen e ver Wozniacki conquista o título em Auckland. O tempo o dirá…

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."