Histórico: Rui Soares é o primeiro português de sempre a chegar ao quadro principal do Mundial de squash

Rui Soares no Campeonato do Mundo de Squash 2017, em Manchester
Fotografia: Squash World Championships

A partir deste sábado, o dia 9 de dezembro ficará para sempre inscrito na história do squash nacional: isto porque em Manchester, Inglaterra, Rui Soares tornou-se no primeiro representante português de sempre a garantir a qualificação para o quadro principal de um Campeonato do Mundo da modalidade.

Aos 24 anos, aquele que já é o melhor jogador português de todos os tempos (e o número 148 do mundo) estava a disputar pela primeira vez o AJBell PSA World Championships 2017, o “mundial” que se realiza entre os dias 11 e 17 de dezembro. E, como tinha dito ao RAQUETC antes da viagem, chegar à segunda fase — isto é, ao quadro principal — “seria algo muito especial para mim e para o squash português”.

E aconteceu mesmo. A campanha do português começou com um triunfo por 11-6, 11-7, 8-11 e 11-3 frente ao norte-americano Faraz Khan, em 39 minutos, e foi ainda mais abrilhantada com a vitória pelos parciais de 11-5, 11-4 e 11-4, em apenas 25 minutos, frente ao 15.º cabeça de série, Jaymie Haycocks (de Inglaterra).

Já com um capítulo histórico assinado e garantido, Rui Soares vai agora medir forças com o egípcio Zahed Mohamed, número 24 do ranking mundial, na primeira ronda do quadro principal — onde só marcam presença os 64 melhores jogadores da competição.

Artigo atualizado às 21h54 deste sábado, dia 9 de dezembro.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."