David Goffin: “Provei que merecia estar neste torneio”

Fotografia: Thomas Lovelock/ATP World Tour

Não há vitórias morais, mas a verdade é que David Goffin pode orgulhar-se da sua prestação na 48.ª edição do Nitto ATP Finals, em Londres, em que lutou até à última pelo título de campeão. O belga sai da capital britânica com o troféu de vice-campeão e com a certeza que esta segunda-feira verá o seu nome no 7.º lugar do ranking ATP, que é como quem diz um novo máximo de carreira.

Em conferência de imprensa, o (ainda) número 8 mundial congratulou-se com o nível a que se exibiu durante a prova e com a “ótima” semana que realizou no local onde o próprio diz pertencer. “Eu provei a mim mesmo que estou no lugar certo e que merecia aqui estar. Dei tudo e não me arrependo de nada. Foi uma ótima semana”, declarou.

A época de David Goffin só terminará depois da final da Taça Davis (24 a 26 de novembro) e o belga está ciente que um dos grandes obstáculos no Estádio Pierre Mauroy, em Lille, será o fervoroso público francês. “Na próxima semana, será uma atmosfera diferente. Esta noite, o público não me incomodou. Apenas estive focado no meu jogo”, frisou.

Sem tempo a perder, Goffin, que assegura que se sente “um melhor jogador depois desta semana”, vai juntar-se à comitiva belga nos próximos dias para começar a preparar o derradeiro encontro com a seleção francesa.

Comentários

comentário(s)

Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com