Ana Catarina Nogueira e Filipa Mendonça são as novas vice-campeãs europeias de padel

Fotografia: Fernando Correia/Smash Padel

ESTORIL – O primeiro de três capítulos escritos por Portugal e Espanha no Campeonato da Europa de Padel terminou com vitória da seleção visitante: Marta Ortega e Ariana Sanchez derrotaram Ana Catarina Nogueira Filipa Mendonça, por 6-1 e 6-2, para conquistarem o título em pares.

Em busca do “sonho”, as campeãs nacionais tinham como difícil tarefa ultrapassar as sétimas classificadas no ranking mundial. Mas o favoritismo era, como as próprias disseram, muito grande e foi rapidamente justificado pelas espanholas. Ortega e Sanchez entraram desde logo à procura do break e não tardou para que fizessem a primeira “ferida” (ao quarto jogo do primeiro set) que acabaria mesmo por abrir a porta a uma liderança confortável.

Sempre mais acertivas, as duas padelistas espanholas chegaram à vitória ao cabo de cerca de 55 minutos de encontro, “empurrando” a dupla portuguesa para a inédita condição de vice-campeã — um resultado que, não sendo o mais desejado por Ana Catarina Nogueira e Filipa Mendonça, não deixa de ser histórico e mais um excelente indicativo para o padel português.

Para este sábado, o derradeiro dia da 11.ª edição do Campeonato da Europa de Padel, estão marcadas mais duas finais com a presença de Portugal: equipas femininas, onde a seleção procura defender o título conquistado há dois anos, e equipas masculinas. A adversária será, novamente, a Espanha.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."